Receba informações exclusivas do Bate Forte. Acesse já! Cadastre-se Aqui

Imagem em vetor_com emojis coloridos com diferentes expressões_com a frase_inteligencia emocional

A pandemia da Covid-19 obrigou todos a trabalhar ainda mais sua inteligência emocional, de modo que, empresas e funcionários precisaram ser mais flexíveis e resilientes.

Para as empresas, esse cenário repleto de incertezas, medos e insegurança econômica trouxe à tona a importância da saúde mental do funcionário.

Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), os transtornos mentais mais comuns no século XXI são ansiedade, depressão, insônia e estresse pós-traumático. E estão associados a sentimentos como angústia, incerteza e impotência.

Por isso, estimular o cuidado com a inteligência emocional dos colaboradores é uma forma eficiente de manter a produtividade dentro da empresa, maior foco no trabalho, maior capacidade de lidar com diferentes situações e ver a empresa como aliada.

Auxilie seu colaborador a manter a inteligência emocional

Dentro de um estabelecimento, notícias boas e ruins chegam a todo momento, sem data e hora marcada. Então, é essencial ter equilíbrio emocional para conseguir alcançar os objetivos e as metas que foram traçadas e, assim, realizar o que foi planejado.

Ao ter uma equipe com funcionários que saibam controlar suas emoções e lidar com situações adversas, seu negócio tem mais possibilidade de realizar mudanças e priorizar a inovação e melhoria contínua. Até porquê, para tomar decisões é preciso bom senso, inteligência, rapidez e tranquilidade.

Enxergue o funcionário de forma coerente

Tente olhar para o funcionário não apenas pelo lado racional, mas também pelo lado emocional. Entenda que os membros da sua equipe, como todo ser humano, terá altos e baixos, dias que estará mais triste, com raiva ou sensível em determinadas situações.

Dessa forma, prepare as lideranças para identificar problemas de comportamento para minimizar os dias ruins do colaborador e para que essas situações não interfiram diretamente na sua produtividade ou no seu relacionamento com os clientes.

Cabe ao gestor saber manter um equilíbrio entre rigidez e flexibilidade para conquistar sua equipe e conseguir cobrar por resultados de forma mais coerente e natural.

Distribua as tarefas

O excesso de tarefas pode deixar um colaborador nervoso e irritado. Quando há muitas demandas para serem feitas ao mesmo tempo, é complicado o profissional exercer suas atividades com calma.

Para evitar esse problema e deixar os funcionários mais tranquilos é preciso dividir adequadamente as atribuições, considerando as características de cada colaborador. Essa medida faz com que cada integrante do time se sinta mais valorizado e motivado.

Além disso, esta estratégia contribui para a estabilidade emocional, pois reforça a autoestima e evita reclamações dos trabalhadores sobre o excesso de serviço.

Invista em treinamentos

Implemente ações e treinamentos para ajudar seus colaboradores a desenvolver a inteligência emocional.

Realize uma reunião (estabeleça a frequência de acordo com a sua necessidade) para tratar desse assunto. Com isso, os funcionários podem se sentir à vontade para expressar o que estão sentindo no momento, dizer o que está bom e o que pode melhorar dentro da empresa para que consigam manter sua saúde emocional.

Ao aprender a lidar com os seus sentimentos, o profissional consegue adotar comportamentos mais adequados, contribuindo positivamente para a empresa.

Saiba administrar conflitos

É comum e natural que aconteçam desentendimentos dentro de um ambiente de trabalho. Um bom gestor deve administrar as situações com inteligência e mostrar para os funcionários a melhor saída para resolver os problemas.

Por exemplo, dois profissionais não chegaram a um consenso sobre repor uma gôndola em determinada seção. Nesse caso, o gestor precisa intervir e convencê-los a adotar um método que vai ser melhor para a organização.

Essa iniciativa precisar ser feita com serenidade e respeito. Assim, o líder ganha a confiança de sua equipe e a mantém calma para executar suas tarefas com eficiência.

Use o Feedback com sabedoria

Para um gestor, não é fácil dar um feedback ao trabalhador sobre o andamento dos serviços. É necessário ter maturidade para indicar a ele quais são suas virtudes e o que pode ser aperfeiçoado.

Da mesma maneira, nem sempre o colaborador está preparado para ouvir críticas. Por isso, o responsável pela avaliação precisa abordar o conteúdo com extremo cuidado, apontando os itens a serem melhorados com bastante profissionalismo.

Ao mostrar segurança e tranquilidade, o gestor contribui para que cada um possa entender melhor a avaliação de ter um maior foco no autodesenvolvimento.

Além destas ações que podem fazer parte do dia a dia da sua empresa, algumas outras medidas simples podem ser incorporadas na rotina para ajudar a manter a inteligência emocional dos colaboradores. Entre elas estão: workshops sobre educação financeira e sessões de yoga e meditação.

Posts relacionados

Privacy Preferences
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.