Receba informações exclusivas do Bate Forte. Acesse já! Cadastre-se Aqui

Mulher negra segura o celular no ombro, enquanto segura na mão um tablet_para inovar o seu negócio

Constantemente, os donos de micro e pequenas empresas buscam por soluções que ajudam a inovar o seu negócio, proporcionando um maior número de vendas, impulsionando o volume de seus serviços e gerando o crescimento de sua empresa.

Um bom começo é aplicar recursos no próprio negócio. Segundo a Pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 63% dos donos de micro e pequenas empresas pretendem inovar o seu negócio em 2021.

De acordo com o estudo, os empresários querem investir, principalmente, em divulgação, modernização de produtos e processos, ampliação da oferta de produtos, serviços, atendimento e capacidade produtiva.

O que fazer para inovar o seu negócio

Com a pandemia e as incertezas causadas pelo cenário nacional e internacional, planejar os próximos meses não é tarefa fácil, não é mesmo?  Confira nosso calendário 2021 para organizar as promoções.

Por isso, o Blog de Bate Forte separou algumas dicas de como inovar o seu negócio e manter sua empresa bem mesmo em tempos tão incertos.

  1. Defina suas metas

Analise como foi o desempenho do seu negócio no ano passado, entenda o que deu certo, saiba o que deu errado, veja quais foram as novidades implementadas e trace novas metas para este ano.

Pode parecer óbvio, mas não são todas as empresas que fazem isso. Por isso, criar o hábito de sempre acompanhar o andamento do seu negócio pode ser o seu diferencial no mercado.

Com as ideias estabelecidas, é hora de criar os caminhos para alcançá-las.

  1. Faça um planejamento financeiro

O planejamento financeiro nada mais é que a projeção das receitas e das despesas da sua empresa em um período estimado. Ele deve ser feito para manter a saúde financeira do seu negócio, pois com o planejamento financeiro é possível pagar as contas corretamente, não gastar mais dinheiro do que se ganha.

Com este cuidado, todas as contas estarão organizadas e você terá uma visão real e precisa do que entra e do que sai da conta da empresa.

  1. Conheça bem seu cliente

Pode parecer clichê, mas não é. Saber exatamente quem é o seu cliente te ajudará a vender, a manter seu estoque abastecido, a ter maior assertividade nas estratégias de marketing, a se planejar de forma mais adequada, a reduzir seus prejuízos e a gerar maior satisfação de seus fregueses.

Para isso, entenda os gostos de seu cliente, qual seu perfil de compra (por exemplo, gênero, idade, o que compram, por que compram e com qual finalidade) e quais foram os últimos produtos adquiridos.

Ciente destas informações, será mais fácil desenvolver as melhores estratégias de vendas.

  1. Cuide de seus funcionários

Garantir a saúde física, mental e emocional do colaborador traz benefícios tangíveis — como a diminuição no número de faltas e o aumento da retenção dos talentos — e intangíveis, como a determinação e o entusiasmo de quem trabalha feliz.

Além disso, invista em treinamento para seus funcionários. É possível desenvolver habilidades e potencialidades de cada um e, como consequência, gerar o desenvolvimento da própria empresa. Os treinamentos podem ser utilizados, também, para ensinar os procedimentos do negócio e normas de segurança, medidas de higiene, favorecendo o desempenho dos trabalhadores e evitando a ocorrência de acidentes laborais.

  1. Invista em inovação e tecnologia

Explorar novas formas de divulgação – como um site  –  pode proporcionar soluções personalizadas para seus consumidores e fazer com que o contato dele com a sua marca seja inesquecível. O uso de sites de e-commerce próprios cresceu 23% entre junho e novembro do ano passado, segundo o Sebrae.

A transformação digital que a pandemia causou no mercado propiciou uma forte mudança das relações sociais e também na forma de consumo. Por isso, investir em tecnologia é otimizar a experiência do cliente com o seu negócio.

Ainda de acordo com o Sebrae, em novembro de 2020, até 70% das micro e pequenas empresas estavam vendendo pela internet. Segundo os entrevistados, a principal plataforma era o WhatsApp (84%), seguida pelo Instagram (54%) e Facebook (51%).

Posts relacionados

Privacy Preferences
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através de seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.